Localizada numa área de 15 hectares de Mata Atlântica inexplorada, lindeiro e integrante do Parque Natural Municipal da Ronda – Unidade de Conservação de Mata Atlântica – a Terra do Sempre está a uma altitude de 600m acima do nível do mar, sendo um ponto de alta concentração de energia e adrenalina, distante da poluição e do caos urbano.  Quem visita, volta sempre!

        Pelo micro clima, sempre refresca e à noite dorme-se de cobertor. O clima é de montanha e no inverno - com sorte – vê-se neve. 

         São Francisco de Paula tem o apelido de “menina dos olhos d’água” por ter aproximadamente 250 cachoeiras catalogadas, o que a faz ter a maior concentração de quedas d’água da América Latina – muitas delas sob nossos cuidados.

         Alicerçado nos pilares do Ecoturismo e da Sustentabilidade, aqui vivencia-se o contato íntimo com a natureza, utilizando os recursos naturais sem comprometer sua capacidade de conservação e ainda promovendo melhorias físicas e culturais. É com esse objetivo – implantar a agrofloresta e viabilizar projetos de preservação da Mata Atlântica - que somos fundadores da ONG Ronda da Terra. Venha nos conhecer e faça parte desta mudança.

        A Terra do Sempre oferece os mais variados atrativos naturais e é povoada de animais endêmicos deste bioma como jaguatiricas, veados mateiros, esquilos, mãos-pelada, quatis, graxains, lagartos,   bugios, entre outros. Há registros da presença de onça-parda, também conhecida por leão baio ou puma, além de aves como tucano, beija-flor, macuco, papagaio-charão, outras aves e diversos outros seres, na sua singularidade. Abençoado pela natureza, o lugar destaca-se pela beleza de suas cachoeiras entre rochas e vegetação nativa, ecologia e lazer com aventuras vivenciadas em sua plenitude.

          Encravada nos contrafortes da Serra Geral, a Reserva Biológica da Terra do Sempre é coberta por uma das florestas tropicais mais ameaçadas do mundo: a Mata Atlântica (Floresta Ombrófila Densa e Floresta Ombrófila Mista), em ótimo estado de conservação. É freqüente a ocorrência de palmiteiro, canelas, figueira, cedro, louro, ingazeiro, quaresmeira, epífitas entre outras centenas de espécies vegetais nativas.                      

Copyright 2007.  Powered by VÉRTICA